sexta-feira, fevereiro 29

Que Porco

video

Coisas sem importância

Uma auditoria interna que revelou existirem 140 milhões de euros em pagamentos indevidos a assistentes de eurodeputados está a causar grande escândalo no Parlamento Europeu.

Onde é que vamos parar compadre Mello?
Agora até tentam enlamear os Exmos Senhores Deputados Europeus. Até onde nos vai levar a maledicência e a inveja?
Que importância pode ter a insignificância de cento e quarenta milhões de euros, (140.000.000,00€), face aos tão grandes serviços que Suas Excelências prestam á União Europeia?
Certamente que os Senhores não o fizeram por mal. Foi um lapso como no caso Somague. Tenho a certeza.

Do seu criado
Jaquim Carrapato

Ajuda 1960 / Lisboa


quinta-feira, fevereiro 28

Valentim e João Loureiro foram acusados de corrupção activa e o árbitro Jacinto Paixão de corrupção passiva.

Estou a ver a conferênvia de imprensa e fiquei plenamente convencido.
A família Loureiro são uns santos. O vilão é o procurador de Gondomar.

“Menezes não quer médicos a acumular actividade nos sectores público e privado”

Tem todo o meu apoio. Decidam-se. Ou trabalham num lado ou noutro. Fazer consultas á pressa de manhã no hospital e mandar os doentes para o consultório onde serão bem atendidos, se pagarem bem…
Não obrigado.

quarta-feira, fevereiro 27

Lenço Branco p/Camacho

O Benfica está a ser dominado pelo Moreirense na Luz


Uma espécie de Democracia

Achei imensa graça ao seu post “Uma espécie de democracia”, fez-me voltar no tempo. Você não passa da “cepa torta”. Apanhou esse jeito de se vitimizar, e é o que se vê. Não tarda muito, vamos vê-lo de “beicinho”, a queixar-se de “facadas nas costas” e algo me diz que o vilão desta vez, vai ser o Menezes de Gaia.
Eu também leio os jornais e vejo televisão e não me parece que Sócrates esteja a ser poupado.
Evidentemente que ninguém no seu perfeito juízo pode tecer algum tipo de elogio ao seu partido neste momento. O PSD, perdão PPD/PSD, está a atravessar o período mais negro da sua história. Nunca teve até hoje uma liderança tão rasca e desnorteada.
Só mesmo Luis Delgado tem um estômago capaz de digerir tão intragável mistela. E tem o dever de fazê-lo, tão poucas foram as honrarias com que o seu governo o cumulou? Pelo menos mostra que não é ingrato.
Você, como líder parlamentar do maior partido da oposição é responsável pelo facto de o PS, para ter uma oposição credível, ter que procurá-la dentro de portas, (João Cravinho, Alegre, Ana Gomes, etc), enquanto vocês andam a combater-se uns aos outros. Deviam devolver ao país os salários que recebem pela oposição que fingem ser.
Lembre-se que se fizer bem o seu trabalho, os média não podem ignorá-lo. Não acredito que os jornalistas tenham alguma embirração especial consigo.

Editado inicialmente em:
http://rosamarmore.blogspot.com/2008/02/uma-espcie-de-democracia.html

domingo, fevereiro 24

Um Jovem Quadrúpede

"António Oliveira Salazar era um aprendiz de ditador ao pé de José Sócrates"

Paulo Tito Morgado
Presidente da C M de Alvaíázere

Esta alarvidade foi dita por este Rodolfo Valentino de pacotilha, num jantar do PSD. E não houve ninguém que explicasse ao burreco, quem foi Salazar?

Ary dos Santos


video

Muitos Homens na Prisão

«O líder do PND, Manuel Monteiro acusou hoje em Barcelos a maioria da classe política de estar à cabeça de um imenso polvo que faz leis anti-corrupção para esconder a origem do património acumulado»

«Sol»


Tem toda a razão o Manel.
Muita da nossa corrupção seria imediatamente estancada, se os partidos políticos fossem financiados exclusivamente pelo estado e pelas suas próprias iniciativas. (um xis por cada voto, mais uma subvenção por deputado eleito).
Só não é assim, porque aos políticos não interessa. Muito do dinheiro entregue não chega aos partidos, fica no bolso do político intermediário e eles nunca vão perder a “mama”.
Em 93 fizeram uma Lei para prejudicar expressamente o PCP. Retiraram da órbita política o único dinheiro comprovadamente limpo, os lucros da Festa do Avante.
Pura inveja e conluio político.
Ficaram os “sacos azuis” de Felgueiras, do “abate de sobreiros”, dos “submarinos”, dos “despachos”, da “somague”, etc.
Um autêntico lamaçal, onde os de menos escrúpulos chafurdam.

sábado, fevereiro 23

Crime do Casino

Outro lacaio de Stanley Ho


sexta-feira, fevereiro 22

Comissão Melhoramentos Freguesia de Seda

Sabia que, ao abrigo do artº 32 nº 6 da Lei nº 16/2001 de 22 de Junho, lhe é possível decidir o destino de parte dos seus impostos? O Estado permite que 0,5% do imposto liquidado reverta a favor de uma instituição de apoio social e humanitário á sua escolha.

Para isso, basta colocar o Nif 503 221 830 da Comissão de Melhoramentos da Freguesia de Seda na segunda linha do Quadro 9, Campo 901, o campo referente a: Instituições Particulares de Solidariedade Social.

Apoie a IPSS da nossa terra
Ajude Quem Ajuda

CAMACHO

POR QUE NO TE VÁS?

quinta-feira, fevereiro 21

Eu aprendo sempre coisas muito úteis na televisão. Ainda ontem na Sic Notícias, aprendi duas verdades grandes como punhos.

1ª – O Doutor Vieira de Castro é uma pessoa seriíssima.
2ª – O suborno da Somague ao PSD, não foi mais que um lapso.

Convenhamos que um lapso de duzentos e trinta e cinco mil euros, é obra! Mas quem sou eu para avaliar os lapsos de uma pessoa tão séria?

Memória 21-02-05

A MORTE DO POPULISMO
Já nos safámos. Acabou o pesadelo. O tempo dos populistas demagogos, já lá vai.
Passou o tempo em que o país foi governado pelos amigos da Cinha Jardim, das revistas cor-de-rosa, e dos medíocres de direita.
Como dizia o poeta: “Mudem de rumo, mudem de rumo, já lá vem outro carreiro…”
Assim Sócrates nos não desiluda.

(Nestes três anos, a grande mudança foi mesmo só de moscas…)

quarta-feira, fevereiro 20

A Camarada Zita

Não sei se é um sentir só meu, ou se também acontece com outras pessoas.
Por vezes sinto em mim a vergonha que outras pessoas não têm, ou fingem não ter.
Aconteceu-me a última vez segunda-feira depois da entrevista de Sócrates, ao ver Zita Seabra reagir no papel de vice-presidente do PSD.

Sempre senti angústia ao ver aquelas cabeças de animais embalsamadas, penduradas nas paredes como troféus de caça. È o que me parece ser a ex-camarada Zita. Consigo até ver-lhe uma tabuleta pendurada ao pescoço com a foice e o martelo.

terça-feira, fevereiro 19

Ontem vi a entrevista do engenheiro (?) Zé, com frustração.
Foi nisto que se transformou a nossa alegria, quando há três anos nos vimos livres dos incompetentes trapalhões?

Madredeus

video

O Pastor

segunda-feira, fevereiro 18

Falar Claro

O social-democrata Miguel Veiga, em entrevista a Maria Flôr Pedroso, dá forte e feio no seu próprio partido e na actual liderança bicéfala , (eu diria biacéfala).

“ A maioria absoluta de José Sócrates, deve-se á deserção de Durão Barroso e ao desastre que foi para o partido e para o país o governo de Santana Lopes”. “Estes homens não são de confiança, não são ideologicamente críveis”. “As manifestações políticas do PSD são tão desventradas, tão frágeis, tão descoloridas, tão anémicas, tão avulsas, tão voláteis, que neste momento não sei onde está o partido”, “se chegar a 2009 com as práticas políticas que ele, (Menezes) de mãos dadas com Santana Lopes têm seguido, prevejo um desastre político”.

Isto é só um fundador do PSD a falar


domingo, fevereiro 17

Consciência Pesada?

"As declarações afectam todo o DIAP/Porto. Como é lá que desempenho funções, sinto-me difamado"

(Almeida Ribeiro)

O procurador do DIAP/Porto António Almeida Ribeiro disse à Lusa que equaciona avançar com uma queixa-crime contra o antigo autarca socialista de Gondomar, Ricardo Bexiga, por difamação.

Pois é…
Um tipo é barbaramente agredido e não se pode sentir vítima de incompetência, a cheirar muito a corrupção, sem ser logo ameaçado com a Lei, pelos mesmos que tão relapsamente a administram. Melhor seria que cumprissem com o mesmo desvelo as suas obrigações.
Quando todos os Zés Bexigas “comerem e calarem” eles ficam finalmente de mãos livres e sem pesos nas consciências.

sábado, fevereiro 16

Estive a ver a Conferência de Imprensa/Justificação de Telmo Correia.
Juro que o tipo no fim, tinha mais dez centímetros de nariz.
(o gajo assina qualquer merda)

HISTÓRIAS DE ALÉM TEJO

Lenda da Ponte de Vila Formosa
Contar uma lenda hoje é meu desejo
Uma lenda linda do Alto Alentejo
Ela conta a história valente e audaz
Dos grandes romanos dos tempos atrás
Numa longa noite de Inverno triste
Fizeram a ponte que ainda hoje existe
Por apostar com o Diabo, que sua alma ía querer
O mestre numa só noite a ponte tinha que fazer
Ao ouvir um galo ao longe cantar
O mestre falou para perguntar
Qual galo canta, homens dizei já
Cantou foi o branco que está acolá
Pois se foi o branco com ele não me espanto
Quando outro cantar tornai-me a avisar
Cantou o segundo que é o amarelo
P’ra frente rapazes com este eu me quero
O que cantou agora é o pedrês
Homens trazei pedras a duas e três
Mais tarde outro galo tornou a cantar
E logo um dos homens foi lesto a gritar
Cuidado ó mestre, Que este é o preto!
Fujamos rapazes com este não me meto
Uma pedra ficou para colocar
Já tem sido posta mas volta a rolar
Óh ponte velhinha e tão gloriosa
Óh ponte romana de Vila Formosa
Se outrora ligaste Lisboa a Mérida
Hoje és o passado da vila de SEDA

Margarida Castanho

sexta-feira, fevereiro 15

Elis Regina

video

O bêbado e o equilibrista

Avenida da Liberdade 1886 / Lisboa


quinta-feira, fevereiro 14

Completamente de Acordo

O Concelho Superior da Magistratura, quer o Juízes fora dos Orgãos Directivos do Futebol, dizem, por uma questão de “Imagem”.
Não posso estar mais de acordo. O futebol luso já tem a “imagem” por demais degradada. Não precisa para nada da ajuda dos magistrados.

Os Procuradores de Dom Corleone

Se quisermos encontrar a Sicília no mapa de Portugal, é preciso procurar a norte.
Por lá tudo obedece ás ordens do Padrinho. Políticos, Justiça, Polícia, etc, quem quer ser alguém no Porto, tem que beijar a mão do mafioso.
Mas foi novidade para alguém, o Arquivamento do Caso Ricardo Bexiga?
Não se sabia já que lacaios não investigam crimes onde o seu próprio dono é o principal suspeito? Agora querem vir a público defender a honra. Como se pode defender o que não se tem?

Há tempos eu ouvi um dos Papas do futebol dizer: - Eu tenho sete Juízes Desembargadores na Liga. (como se os tivesse no bolso). E pelos vistos, tinha mesmo…

Memória Selectiva?

Santana Lopes inquiriu ontem José Sócrates no Parlamento sobre os “mamarrachos” assinados por este, se era responsável por projectos que não seus. Disse e muito bem, que ali era o local ideal para fazer a pergunta.
Curiosamente, esqueceu-se que também o era, para explicar a notícia de hoje do Correio da Manhã.
Ou o Lopes tem uma memória muito selectiva, ou estava armado em Chico Esperto e a jogar ao ataque.

Timor Leste

Hoje foi o funeral de Alfredo Reinado. O típico “cão” que morde a mão do dono.
Depois por ter sido usado por Xanana Gusmão, Ramos Horta e Igreja Católica, contra Mari Alkatiri e a FRETILIM, o protegido revolta-se.
Para quem estaria ele a trabalhar agora?

quarta-feira, fevereiro 13

Vida Local

video

Cartas de Além Tejo


Compadre Mello
Estou a escrever-lhe hoje, indignado com as injustiças em que o nosso país é tão pródigo. É vergonhoso o que estão a fazer ao Senhor Doutor Major Valentim Loureiro. Eu bem o vi na televisão dizer que os jornalistas não sabem porque ele está a ser julgado e tem razão. Uma pessoa não pode ser perseguido, só porque é mal-educado; berra com toda a gente, não deixa falar ninguém e é fanfarrão. É verdade, mas foi a educação que lhe deram na Academia Militar, não é culpa dele.

Primeiro foi o caso das batatas, que eu não acredito. Mesmo que fosse verdade que o homem surripiou umas toneladas de batatas do rancho da tropa, só podia ter sido com boa intenção. Todos sabemos que a batata engorda. E soldados gordos, são alvos mais fáceis para o inimigo. Logo, roubando algumas batatas dos pratos, estava a defender a vida dos seus homens. Deveria ser louvado.

Depois, foi o escândalo dos electrodomésticos, que eu nunca percebi lá muito bem. Não é verdade que se costuma recriminar os políticos por pedir votos e nunca dar nada em troca? Porquê agora crucificar um por trocar varinhas mágicas, microondas, ou leitores de CD por votos? Em que é que ficamos? É-se preso por ter cão e por não ter? Tenhamos juízo… Vivesse eu em Gondomar, não estava a minha casa tão desprovida desses utensílios.

Agora chegou o caso Apito Dourado. Outra coisa por demais incompreensível, a meu ver… Qual é o mal de dar prendas de ouro aos árbitros? já não se pode presentear os amigos? Se o homem não desse nada a ninguém, era avarento, unhas-de-fome, o diabo a quatro… Dá, é logo acusado de corrupto. E que mal tem os árbitros retribuírem com favores no campo? Isso só mostra que são pessoas bem formadas, sabem pagar os favores. Sempre se disse “uma mão lava a outra”.

Vamos parar com essas parvoeiras e deixar o senhor em paz.
Qualquer dia um cidadão pode ser preso por ajudar uma velhinha a atravessar a rua.

D’o seu criado
Joaquim Carrapato

terça-feira, fevereiro 12

Timor Leste

Quem está interessado em decapitar o regime timorense?
A Indonésia? A Austrália? A Igreja Católica?

Justiça à Portuguesa

Começou o julgamento do Major Batateiro e Quadrilha.
Era capaz de apostar que fica tudo em "águas de bacalhau".

Noites de Sustos

È o diabo, quando até o Passos de Ferreira já assusta a Luz. O Benfica não joga nada. A era Camacho chegou ao fim. È tempo de mudar de rumo. O Glorioso precisa dum treinador português. Se possível, c'Ajude.-

domingo, fevereiro 10

Vitorino & Elba Ramalho

video

Fado Triste

sábado, fevereiro 9

ELE VAI ANDAR POR AÍ,(de novo)

video

A intenção de Santana Lopes em "ir para o terreno", pelo menos uma vez por mês, com uma jornada temática, está a criar mal estar nas hostes de Menezes, alguma expectativa na classe política e em mim vontade de me divertir. (será que ele vai mandar fazer outro vídeo piroso?) A iniciativa do “pândego” líder parlamentar do PPD/PSD ainda não tem um nome oficial, mas já há quem veja no estilo e na substância, umas autênticas "presidências abertas". A primeira destas iniciativas realiza-se a 12 de Fevereiro, em Castelo Branco,

Luís Filipe Menezes, é que não estará entusiasmado com este périplo pelas bases, (quem estaria…) do Menino Guerreiro. Pressentirá Facada nas Costas? (ver vídeo)

sexta-feira, fevereiro 8

ANTES DO TERRAMOTO 1755 / LISBOA


HISTÓRIAS DE ALÉM TEJO

Recordações do Passado
Nos idos anos cinquenta na minha loja em SEDA, era assim que se falava de pesos, medidas e moedas. Pesava-se uma quarta de arroz, meia-quarta de “caféi”, meio “arrate” de toucinho e um quarto de “capiléi”.
Sete e meio de petróleo, e três quartas de sabão. De “açucri” uma quarta, de sementinhas um tostão, mais três quartos de azeite e um côvado de cotim, um cruzado de canela e outras coisas assim.
Mil réis, eram dez tostões, um escudo seu valor real, este valor era metade, do pobre cêntimo actual.
Um quartinho, mil e duzentos, um escudo e vinte, doze tostões, era tudo a mesma coisa, tão longe dos actuais milhões.
Quarenta centavos e quatro tostões, era também um cruzado. Com cinco centavos, meio tostão, comprava-se um rebuçado.
Dois chicharros, quinze tostões. um pargo, sete mil e quinhentos. Um belo pão se comprava por três mil e trezentos.
Este total, doze escudos e trinta. Em réis doze mil e trezentos.
Este preço hoje seria menos dos actuais sete cêntimos. Quão dura e pobre era a vida que naquele tempo se vivia.
Mas não faltava a amizade, o convívio e a alegria, tão diferente dos tempos de hoje, onde se vive a correr na busca louca da procura do lucro e do poder.

Margarida Castanho

PS: As minhas desculpas á autora, por ter alterado o formato do texto. Assim pareceu-me melhor de ler.

quinta-feira, fevereiro 7

HUMOR

O Poço dos Desejos

video

LIGADO NA TV


Como habitualmente, assisti terça-feira ao programa da Sic Notícias, Regra do Jogo.
José Miguel Júdice não resistiu á pequena Regra do seu Jogo favorito; atacar Marinho Pinto.
Cobardemente, porque o outro não estava presente, teceu considerações sobre o seu Bastonário. Não se demorou no conteúdo das declarações deste, porque não interessa a mensagem, quando o que nos move é o ódio pelo mensageiro.
Acusa-o de “populista de esquerda”. Será isso um insulto vindo dum “tachista de direita”?
A não resposta posterior de Marinho Pinto, foi exemplar. Assumiu-se como “caravana” no velho ditado; «Os cães ladram e a caravana passa».

PS: Se Júdice acertar no vaticínio e Marinho Pinto resolver no futuro combater politicamente esta corja de malandros do Bloco Central e seus Apêndices que têm o país a saque, pode contar com o nosso apoio.

quarta-feira, fevereiro 6

QUANDO OS LOBOS UIVAM…

A “padralhada” espanhola está em guerra aberta com o governo de José Rodríguez Zapatero e começaram a fazer campanha declarada pela derrota dos socialistas nas eleições de 9 Março.
Desde que perceberam que o Presidente do Governo de Espanha não se ajoelha, a Conferência Episcopal Espanhola, critica as muito corajosas políticas implementadas pelo executivo,(que são para todos e não obrigam os católicos. Nenhum católico é obrigado a abortar ou a “casar” com outra pessoa do mesmo sexo), mas até agora nunca tinha tido a coragem de fazer um claro apelo ao voto no Partido Popular.

Juan Antonio Martínez Camino, um abutre da pior espécie, abriu as hostilidades, apresentando um documento de dez pontos que são, segundo afirmou, “considerações para estimular o exercício responsável do voto”, que afirma: “É preciso enfrentar o perigo de opções políticas e legislativas que contradizem valores fundamentais [...], em particular no que respeito à defesa da vida humana em todas as suas etapas e a promoção da família baseada no matrimónio”,

Os bispos defendem a educação religiosa nas escolas sem o mínimo respeito pelos outros e, embora reconheçam a legitimidade das posições nacionalistas, criticam-nas por quererem lesar a unidade de Espanha. Que unidade? Da Espanha rebanho?
Lamentavelmente, a preocupação com os mais desfavorecidos surge no último ponto e com pouco destaque. Não faz parte das preocupações dos anafados padrecos. Vivem de gamela farta.
Inevitavelmente, a 9 de Março, os resultados eleitorais serão também uma avaliação do poder actual da igreja no país.
A Igreja deveria ser isenta e imparcial. Os padres nunca deviam servir-se do seu cargo para fazerem pressões ilegítimas e intimidatórias. Isto é baixa política e baixa religião!

terça-feira, fevereiro 5


OS DOIS CHAPÉUS DO FOLIÃO

Alberto João Jardim surgiu na bancada com dois chapéus. Um pendurado na anca esquerda e outro na cabeça. "Um chapéu de direita dos latifundiários alentejanos e um chapéu de esquerda dos povos oprimidos, a quem o Estado português rouba ao contribuinte para dar dinheiro a fundo perdido" SIC

«Vamos deixá-lo aperfeiçoar as suas capacidades ortográficas e aguardar a carta dele (Ministro das Finanças). Ele sofre de iliteracia»

«No final dos anos 70 a questão do separatismo [na Madeira] estava resolvida, a questão da unidade e da coesão nacional estava resolvida: estes senhores socialistas, além de todas as patifarias que estão a fazer ao País, estão outra vez a criar condições para pôr em causa a própria coesão nacional – esta gente é perigosa, até para a unidade nacional»

«Se este Governo é socialista eu sou do Bloco de Esquerda. O PS é “ a União Nacional do Novo Regime”. “Tem lá tipos desde a estrema direita à estrema esquerda, e eles não se importam. O que querem é ter o poder. Ter o poder a qualquer preço. Conquistá- lo, custe o que custar. Isto é o partido socialista»

(um chapéu)

«Não vou insistir em críticas quando fiquei com a impressão que há um sentimento de boa vontade. Eu saio daqui hoje convicto que há um sentimento de boa vontade em ultrapassar obstáculos que tem havido e tenho que ser honesto e dizê-lo»

(outro chapéu)

Este senhor há muito devia estar internado e metido numa Camisa de Forças.

.

segunda-feira, fevereiro 4

PRÉMIO: SPEEDY GONZALEZ DO “DESPACHO”

Que maldade esta do nosso povo, ingrato para quem tão abnegadamente o serve.
Quando devíamos estar agradecidos a Telmo Correia pela sua extraordinária vontade de servir o seu país. Levantamos suspeitas sobre a sua honestidade impar.
Não era todo o ministro, que mesmo depois de despedido e de ver o seu partido tão injustamente penalizado nas urnas, abandonava o seu leito quente para passar uma madrugada a servir o país.
Eu ponho as minhas mãos no fogo por ele. Tenho a certeza que entre as centenas de despachos, não haverá um que possa ser apontado como beneficiando o tal Sr Jacinto Leite Capelo Rêgo.
Este homem, devia era ser louvado. E criada uma Lei que premiasse financeiramente um partido que tão dedicados servidores fornece á Pátria.

(enviado por Joaquim Carrapato)

PS: Mesmo contrariado, aqui fica a opinião do meu compadre que invocou o direito de resposta. Aqui pratica-se a Democracia.

COMENTÁRIO A...

http://cronicadoplanalto.blogspot.com/2008/01/comentrio_31.html

O vertir-se, estudar, adquirir conhecimentos, são regras de convivência necessárias por condições ambientais ou por crescimento intelectual.
É lógico que os pais devem cuidar que os filhos se preparem para a vida. E para isso tentam passar-lhe um legado de vida. Uma vestimenta cultural. Não é preciso proporcionar-lhe uma educação religiosa.
Um povo da Amazónia, da Africa Central ou da Nova Guiné, não se veste porque as condições climáticas não o exigem. E se nunca tiver tido contactos com as religiões do livro, não o faz porque nada sabe de pecado. Não foi catequizado.
Como no Paraíso, só depois de “comer” da árvore do bem e do mal, o homem tomou consciência da sua nudez ,”e sentiu vergonha de se mostrar aos olhos do senhor”
Tu confundes MORAL, com moral religiosa. São duas coisas que não têm nada a ver, por vezes são até antagónicas, como a história prova.
As pessoas religiosas não respeitam os outros e fazem o bem, por serem intrinsecamente bem formados. Fazem-no em obediência ao seu deus.
Assim como um terrorista suicida que põe uma bomba á cintura e faz explodir uma escola, não o faz por odiar crianças, mas em obediência ao seu deus.
E não me venhas dizer que o deus dele é falso. Porque o teu, por sadismo, levou um pobre velho a preparar-se para assassinar o seu único filho. Mais cedo ainda, levou um irmão a matar outro, por ciúmes.
Quanto ao facto de pessoas adultas se tornarem religiosas, não é prova de nada. Assim como o contrário também não. Só que a mudança, é a única constante da vida.

Em outras respostas que me tens dado, já cheguei a pensar: - Se não tivesse visto já este tema por todos os ângulos, que a minha compreensão me permite, claro, era capaz de rever os meus conceitos. Mas desta vez não. Não foste bastante convincente.

domingo, fevereiro 3

OUTRO SALVADOR? POUPEM-ME


POIS...NÃO TE PONHAS A PAU.

video

É FARTAR VILANAGEM II

Segundo o Público
O deputado do CDS-PP Telmo Correia assinou cerca de três centenas de despachos como ministro do Turismo na madrugada do dia em que o novo executivo, liderado por José Sócrates, foi empossado no Palácio da Ajuda. Apesar de estar em gestão corrente, o ex-ministro do Governo de Santana Lopes fez uma verdadeira maratona que quase não lhe deu tempo para se inteirar do que estava a assinar à pressa, após ter passado mais de uma dezena de dias sem ir ao Ministério do Turismo.

Entre os documentos assinados, estava a segunda versão do parecer da Inspecção-Geral de Jogos que implicava a não devolução ao Estado do edifício do Casino de Lisboa, no Parque Expo, no final da concessão à Estoril Sol,

É FARTAR VILANAGEM!!!

Segundo o Expresso…
A actuação de Telmo Correia enquanto ministro do Turismo do Governo de Pedro Santana Lopes permitiu à Estoril-Sol obter um verdadeiro «jackpot», conseguindo ficar com a propriedade do edifício do novo Casino de Lisboa, no Parque das Nações.


Fala-se de pressões sobre o Presidente da República. De conversas gravadas de Paulo Portas, Nobre Guedes e Telmo Correia, (a Santíssima Trindade), e de Abel Pinheiro, o Emplastro de todas as embrulhadas. Ele está em todas as situações menos claras; escuras mesmo. Não restam dúvidas que a área financeira do CDS(PP estava muito bem entregue. Como os resultados demonstraram.

O principal culpado de todas as “trafulhices” (?) que estão vindo a lume, é realmente de Jorge Sampaio. Entregar o governo a um imbecil, escancarou as portas a todos estes espertalhões.

sábado, fevereiro 2

ALGUMAS MALDADES DE SÓCRATES

Há vinte anos, projectou este "mamarracho"



Há trinta e cinco anos, puxou o rabo a este gato

SAÚDE PR'A RIR

video

LIGADO NA TV

Vi atentamente a entrevista de quinta-feira, não só porque gosto, mas também porque contava com um convidado que admiro há muito.
Marinho Pinto nestes últimos dias não disse nada de novo. Limitou-se a fazer eco do que todos os portugueses estão “carecas” de saber. Vivemos num país de corruptos. A lei do “quanto mais roubares, mais esperto és”, está-nos no códico genético e a nossa classe dirigente não fez mais do que aperfeiçoar esta nossa aptidão. Tornaram-se mestres na arte do “trambique”.
A história da escuta telefónica que ele relata entre os dois ministros é nova para mim. Mas para quem conhece os três figurões, não é difícil perceber quem faz a chamada, quem a recebe e quem “assina qualquer merda”. (Nobre Guedes chama, Thelmo Correia atende e Costa Neves faz de “pateta alegre”. Histórias do período mais negro da vida nacional desde as Invasões Francesas.

Há uma faceta neste caso do Portucale que, por mais que me esforce, não consigo entender.
Se temos um projecto sucessivamente rejeitado pelos técnicos durante quinze anos que é aprovado ás pessas. Conversas telefónicas que relacionam os ministros assinantes, o banco promotor do projecto e o á altura director financeiro de um partido político. Partido que recebe centenas de financiamentos dados por pessoas fictícias e com muito sentido de humor como; Jacinto Leite Capêlo Rêgo.

Estão á espera de quê Senhores Procuradores?

sexta-feira, fevereiro 1


O GAJO NOVO

Editado em: http://rosamarmore.blogpost.com/

Há dias escrevia um pouco a brincar no Menina Marota: -Será que o RosaMármore não precisa de um ponto de vista Alentejano? Ontem recebi um convite para participar no blog. E aceitei.
Não sei se o editor conhece a minha maneira de escrever e eu não li muito do RosaMármore para que, ainda que de maneira inconsciente, não fazer auto censura. No entanto, se houver algum problema, basta um simples e-mail para me considerar desconvidado.

Já que aqui estamos, vou fazer a minha muito breve apresentação. Eu sou, por esta ordem de importância, Alentejano, um Desalinhado de Esquerda e devoto do Benfica. Gosto de escrever curto e grosso. Como quem atira pedras. Se algumas acertarem no alvo, tanto melhor. Não sei se é uma boa maneira de escrever, nem me importa sobremaneira, é a minha maneira e pronto.
A minha amiga Teresa M., diz que a minha escrita é muito lúcida, o que não me deixa eufórico assim como não fico de rastos, pelo facto de ser olimpicamente ignorado nos comentários aos posts de Santana Lopes. Tudo é muito relativo.

Como adoro a primeira e detesto o segundo, sendo verdade que nós recebemos em dobro tudo aquilo que damos, está tudo certíssimo. Vou continuar assim.


Espero uma profícua colaboração e duras críticas aos meus posts.