sábado, novembro 24

JUSTIÇA PORTUGUESA

O ex-presidente da Câmara de Vagos João Rocha e o empresário António Paula foram condenados por corrupção, com penas suspensas de cinco anos e dois anos e meio de prisão, respectivamente.

A suspensão das penas fica condicionada à entrega de um donativo de 15 mil euros aos Bombeiros de Vagos pelo ex-autarca, que fica inibido de exercer cargos públicos por três anos, e de um donativo de 7500 euros pelo empresário à Obra do Frei Gil, na Praia de Mira.

Que acto caridoso! Uma mão lava a outra. Com o dinheiro roubado em outras falcatruas, paga-se a pena de cadeia.

Tivessem eles roubado uma galinha…, não escapavam á prizão.

quarta-feira, novembro 21

C R E D O - TV

Canal Regional do Enterior Desquecido e Ostracisado



video


O CRIME DO PADRE AMARO - PARTE II

segunda-feira, novembro 19

UM JUIZ DESEMBARGADOR (foto)

O Tribunal da Relação de Lisboa deu razão a um hotel que despediu um cozinheiro infectado com VIH, considerando que ficou provado que há risco de transmissão do funcionário para os clientes.

Segundo o acórdão, os magistrados concluem que o cozinheiro representaria "um perigo para a saúde pública" caso continuasse a exercer. Apesar da opinião contrária do parecer dos especialistas.

Nem é preciso ser muito inteligente, nem estar minimamente informado, para se saber que a hipótese de um cozinheiro com HIV infectar um comensal, é infinitamente inferior á de um automobilista matar um peão.
Os nossos idiotas Desembargadores estarão a preparar-se para proibir a condução.

Haja paciência para aturar estas bestas.

VOLTÁMOS AOS TEMPOS DO CAVAQUISMO
TAL COMO NA MARINHA GRANDE, OS "MACACOS" DA GNR VOLTAM A ACTUAR AO SERVIÇO DO PATRONATO.

domingo, novembro 18

C R E D O - TV

Canal Regional do Enterior Desquecido e Ostracizado




video


O CRIME DO PADRE AMARO - PARTE I

segunda-feira, novembro 12

O DELFIM DE FRANCO

.O Presidente da Venezuela afirmou que o rei de Espanha "teve sorte" por não o ter ouvido mandar calar-se durante a cimeira Ibero-Americana, em Santiago do Chile.
"O que é certo, é que eu não o ouvi. Teve sorte Senhor Juan Carlos. Não sei o que lhe teria dito"
"Agora, não há qualquer dúvida: quando Juan Carlos de Borbon explode depois das declarações de um índio (Chávez apresenta-se como tendo ascendências índia, espanhola e africana), são 500 anos de arrogância imperial que explodem"

(Hugo Chavez)

Eu concordo plenamente. A velha arrogância monárquica e imperial falou mais alto. O grande senhor Bourbon, arroga-se dar ordens a um qualquer Chavez da vida.
Esquecendo-se que Chavez, como presidente da Venezuela, estava a representar os milhões que o elegeram. Enquanto que a legitimidade de Juan Carlos, lhe advém de ter sido escolhido como delfim, por um ditador assassino.

quarta-feira, novembro 7

LIGADO NA TV

Ontem e hoje, estive muito atento á ARtv.
Fui na história "vendida" pela nossa Comunicação Social.
O Grande Duelo anunciado com grandes parangonas.
Afinal, A Montantanha Pariu Um Rato...
Tivemos o mesmo Santana Lopes de sempre, mas com o pesado fardo do passado.
O Menino Guerreiro perdeu a "chama". Já não convence ninguem.
Ficou só um velho populista demagogo e pouco esperto.

domingo, novembro 4

MEMÓRIA 03/11/06

O “MANUELINHO” DA ILHA
Não é fácil escrever a Crónica de uma entrevista que não aconteceu. Quem não viu, perdeu um programa nalguns pontos hilariante.

O homem entrou aos coices, como é seu hábito, e terminou com uma “piadola” de um humor muito rasca. De mau gosto.

Pelo meio, o habitual discurso populista que todos já conhecemos de jingeira. Uma atitude “pidesca” em relação as Açores. E a constatação de que o traste não admite que lh diminuam a capacidade da “gamela”. As suas obras faraónicas e os proventos para a roubalheira dos apaniguados, não podem ser postos em causa.

Enfim, todo um exercício digno de um oficial de Informação e Propaganda da ditadura. Para um divulgador da ideologia fascista, perfeito, se não tivessem passado três décadas.
Só o Canal Público seria capaz de conceder Tempo de Antena a um velho troglodita, a abanar a papada e a ler números de um “papelucho”.

Para terminar fez uma graçola de muito mau gosto para um ordinário que trata os jornalistas por «bastardos, para não dizer filhos da puta», sic.
Ofereceu asilo político a Judite de Sousa.

CANALHICES

Uma nova crise ameaça instalar-se no CDS. Será que vão voltar as agressões como em Óbidos?
Desta feita, apenas por causa da posse de um carro. Apenas?
Trata-se um Volvo S40 no valor de 42 mil euros, adquirido em leasing pelo ex-líder José Ribeiro e Castro e atribuído ao ex-secretário-geral Martim Borges de Freitas com a promessa de ficar com ele após o pagamento do valor residual do contrato: 900 euros.
Agora o novo secretário-geral, o miúdo Almeida, quer o carrinho de volta. Invejas?
Ora o bom do Martim, não quer de largar o «osso» e ameaça ferrar o dente a quem se aproximar do «bólide».
Mocinhos desinteressados estes populistas.

quinta-feira, novembro 1

Mariza - Oh Gente da Minha Terra


video


A NOVA DIVA DO FADO