domingo, setembro 20

O Provedor dos Leitores do jornal “Público”, Joaquim Vieira questiona se todo o caso relacionado com uma eventual escuta da Presidência da República pelo governo, que o jornal avançou em Agosto passado, não tem por base "uma agenda política oculta".

"Do comportamento do Público, (do seu director, pergunto eu), o provedor conclui que resultou uma atitude objectiva de protecção da Presidência da República.

O Público trabalha para algum partido?

3 comentários:

  1. A partir do momento em que o governo vetou a opa sobre a PT por parte da Sonae que...

    ResponderEliminar
  2. E não é normal trabalhar para o patrão e seus interesses?

    ResponderEliminar